Conselhos

 
 
 
 
 
 

Os nossos conselhos

 

 
  • Nunca deixe que seja a agência funerária a contactá-lo para angariar serviço, deverá ser sempre o familiar a tomar a iniciativa de requisitar os serviços da agência, pedir orçamento do serviço é sempre vantajoso.
  • Perguntar se inclui: depósito em capela, serviço religioso, taxas cemiteriais, certidões, anúncios, flores, entre outros serviços que possam ser pagos à parte.
  • Deverá ter o bom senso de escolher um serviço adequado ás suas possibilidades económicas.
  • Com honestidade e confiança entre as partes, também se podem acordar formas de pagamento mais adequadas a cada caso.